Professora morre baleada durante assalto em frente de casa no DF

Os militares levaram a vítima para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), mas ela não resistiu

iStock/Foto ilustrativaiStock/Foto ilustrativa

atualizado 29/10/2018 14:30

Uma professora morreu após ter o carro roubado em frente à casa onde morava, na QNM 20, em Ceilândia Norte. Symone Gomes de Araújo, 48 anos, foi rendida, na noite desse domingo (28/10), por dois criminosos armados no momento em que colocava o veículo na garagem. Durante o assalto, ela foi baleada no peito.

Os militares levaram a vítima para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Em estado grave, ela foi submetida a cirurgia, mas não resistiu. A vítima era professora de educação física do CEE 01 Taguatinga.

Segundo o Sindicato dos Professores do DF (Sinpro), o sepultamento será realizado em Arraias, Tocantins, cidade natal de Symone.

A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) investiga o caso, tratado como latrocínio (roubo seguido de morte). O carro dela foi levado. Dados da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social mostram que até setembro deste ano, 19 pessoas foram vítimas de latrocínio no Distrito Federal.

Últimas notícias