*

Mais lidas

Mulher é presa após matar o marido, um pastor evangélico, a facadas

O crime aconteceu na QNO 18, em Ceilândia, na noite desta terça-feira (20/9). A vítima é Damião Diniz do Nascimento, 46 anos, com quem Eva Diniz, a suspeita do assassinato, era casada há 30 anos

iStock
Larissa Rodrigues
 

Eva Oliveira Barbosa Diniz, 44 anos, foi presa, na tarde desta quarta-feira (21/9), em flagrante, acusada de matar o marido, um pastor evangélico da Igreja Pentecostal Renascer, a facadas. O crime aconteceu na QNO 18, conjunto 73, casa 12, em Ceilândia, ainda na noite de terça-feira (20). No entanto, só foi descoberto no início desta tarde pela Polícia Militar.

A vítima é Damião Diniz do Nascimento, 46 anos, com quem a suspeita era casada há cerca de 30 anos. Ainda não se sabe o que teria motivado o crime, no entanto, segundo informações da Polícia Civil, a suspeita Eva Oliveira Barbosa Diniz confessou o assassinato. Ela está detida e deverá responder pelo crime de homicídio, com pena que varia de 12 a 30 anos.

 

 

 

COMENTE

CeilândiaMortefacamarido
comunicar erro à redação

Leia mais: Segurança