Garota de programa furta cliente em motel e deixa homem em saia justa

A Polícia Militar foi acionada para resolver o problema. Um familiar da vítima teve que ir ao local para pagar a dívida

atualizado 22/12/2016 11:38

Reprodução

A Polícia Militar foi chamada, na manhã desta quinta-feira (22/12), para atender uma ocorrência peculiar na CSG 10, em Taguatinga Sul. A funcionária do Motel Afrodity acionou os militares após uma confusão com um cliente. De acordo com a recepcionista, o homem alegou que havia sido furtado por uma garota de programa e não teria como pagar a conta do estabelecimento.

O cliente contou que pagou a garota e, pouco antes de terminar o programa, foi furtado pela prostituta. A mulher saiu sem que ele visse, levando o dinheiro com que a conta do motel seria paga. “Quando chegamos ao local, ele ligou para um familiar, que quitou a dívida”, explicou o tenente Rodrigo Lisboa, do 2ª Batalhão da Polícia Militar.

De acordo com o PM, casos como esse são comuns na região, por causa da grande quantidade de motéis. “Já fomos acionados outras vezes para atender ocorrências de furto dentro desses estabelecimentos. Geralmente, são cometidos por travestis. O problema é que muitas vítimas se sentem constrangidas e não formalizam a denúncia na delegacia”, concluiu. O valor roubado não foi divulgado.

Mais lidas
Últimas notícias