Coronavírus: número de presos infectados na Papuda sobe para 23

A quantidade de agentes penais contaminados com a Covid-19 se manteve em 20. Nenhum deles está em estado grave

atualizado 13/04/2020 18:14

Complexo Penitenciário da PapudaRafaela Felicciano/Metrópoles

Subiu para 23 o número de detentos do sistema prisional do Distrito Federal contaminados pelo novo coronavírus no Complexo Penitenciário da Papuda. As informações foram atualizadas pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) nesta segunda-feira (13/04).

De acordo com a pasta, 20 policiais penais também já testaram positivo para Covid-19. Não há registro de pacientes em estado grave, e um dos agentes já está recuperado da doença.

Ainda de acordo com a Sesipe, do total de agentes que testaram positivo, 11 são do Centro de Internamento e Reeducação (CIR), seis são do Centro de Detenção Provisória, (CDP) e três do Presídio do Distrito Federal II (PDF-II). Dos internos, 13 são do CIR e 10 são do CDP.

No domingo (12/04), a Secretaria de Segurança Pública havia informado que eram 14 presos e 20 servidores infectados. Houve registro de nove novos casos em menos de 24h.

A SSP afirma que tem intensificado cada vez mais as medidas para prevenir a proliferação do coronavírus no sistema penitenciário do DF.

Entre elas está a aplicação de testes rápidos para diagnóstico do vírus em todos os 332 internos e 126 agentes da ala em que os primeiros casos foram detectados.

Houve, ainda, a instalação de um hospital de campanha com 10 leitos equipados com suporte de ventilação mecânica e 30 leitos de retaguarda para ventilação na Papuda.

A partir desta segunda-feira (13/04), tropas do Comando Militar do Planalto reforçarão o trabalho de desinfecção das celas do Complexo Penitenciário da Papuda a fim de evitar a propagação do novo coronavírus no local.

A pasta já determinou o afastamento e isolamento de todos os agentes penais e presidiários que estiverem com a doença. As celas estão sendo desinfectadas com água sanitária, e o banho de sol tem ocorrido em separado e por período maior, em função do cancelamento das visitas devido ao risco de contágio.

 

 

Últimas notícias