Três mulheres e duas crianças foram mantidas reféns por criminosos nessa quarta-feira (13/3). De acordo com a Polícia Militar, eles chegaram à casa porque o portão do condomínio, que passa por reformas, estava aberto.  Durante o roubo, as vítimas passaram momentos de terror e foram trancadas no closet. Os PMs ainda não localizaram os bandidos.

A casa fica na Quadra 5 do Park Way, próximo a Águas Claras. Quando a Polícia Militar chegou ao local, os assaltantes já haviam fugido.

Segundo as testemunhas, o trio entrou na residência por volta das 10h20. Com facas, anunciaram o assalto e trancaram as funcionárias da residência (a empregada, a babá, e uma cuidadora de idosos), além de dois irmãos de 10 e 2 anos, em um dos cômodos.

Após roubarem quatro relógios, cinco TVs, joias e outros pertences pessoais da família, eles fugiram em um Hyundai HB20 preto. As vítimas comunicaram à polícia que 11 pessoas moram na residência, mas, no momento da ação dos bandidos, só os cinco estavam em casa.

Durante o assalto, a babá, de 23 anos, escondeu o celular na roupa e conseguiu avisar aos patrões. As vítimas relataram que os homens eram violentos e diziam que não estavam brincando. As ameaças duraram cerca de uma hora. Um dos criminosos usava uma máscara cirúrgica para esconder o rosto.

Os donos da casa suspeitam que os bandidos conheciam a rotina da casa e planejaram o crime na residência.

Ninguém ficou ferido. A grande movimentação de policiais causou congestionamento e assustou quem passava pelo local. A 21ª Delegacia de Polícia Civil (Taguatinga) investiga o crime.