*
 

Um policial militar aposentado foi baleado na cabeça após ter a arma tomada por um conhecido durante briga na tarde desta quarta-feira (20/6), no Recanto das Emas. Mesmo com o ferimento, o PM Rogério Ferreira, 52 anos, conseguiu reagir e disparou contra Raimundo Lobato, acertando uma bala que o atingiu na virilha e transpassou o corpo até sair pela nádega.

Segundo o delegado de plantão Sérgio Bautzer, da 27ª Delegacia de Polícia, responsável por apurar o caso, Raimundo, Rogério e uma terceira pessoa, identificada como Marcelo de Souza, estavam bebendo juntos em um bar da cidade, quando os três deixaram o estabelecimento e foram até a casa do PM.

Conforme relato do delegado, durante o trajeto, os dois se desentenderam, então Raimundo tomou a arma e deu um tiro na cabeça do PM aposentado. “Fiquei surpreso com a vontade de sobreviver dele, porque, mesmo tendo levado um tiro na cabeça, ainda conseguiu recuperar a arma e atirou, em legítima defesa, contra o outro”, conta Bautzer.

Os dois feridos receberam os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros e foram encaminhados a hospitais da cidade. O policial foi levado de helicóptero, em estado grave, para o Instituto Hospital de Base.

O homem atingido na virilha está sob escolta no Hospital Regional de Taguatinga. O terceiro envolvido não se feriu, mas testemunhou o crime. Ele foi levado à delegacia e autuado por falso testemunho.

“O Marcelo viu tudo e não quer falar o que aconteceu. Por enquanto, vai ficar preso por falso testemunho. O Raimundo, a princípio, responderá por tentativa de homicídio qualificada por motivo fútil, mas podemos modificar a tipificação do crime”, esclarece o delegado.