Ameaça de carta-bomba a madrasta mobiliza polícia e bombeiros no DF

Caso ocorreu nas dependências da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), na Asa Sul

CBMDF/ReproduçãoCBMDF/Reprodução

atualizado 05/04/2019 20:27

Um envelope encaminhado por um agressor a uma vítima de violência doméstica mobilizou, nesta sexta-feira (5/4), o esquadrão antibombas da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e a equipe de produtos perigosos do Corpo de Bombeiros (CBMDF). A suposta ameaça a bomba ocorreu nas dependências da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), na 204/205 Sul.

As autoridades foram acionadas por volta das 16h, sendo encaminhados profissionais e equipamentos especializados para a detecção de explosivos e materiais radioativos, bem como aparelhos de raio-x e dispositivos para se proceder a uma eventual detonação. Depois de passar o objeto suspeito pela verificação eletrônica, os bombeiros constataram não ser necessária a explosão do envelope.

Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom), a ameaça foi feita por um enteado contra a madrasta. O material foi apreendido e encaminhado para a perícia.

Últimas notícias