Secretaria de Saúde encomenda 11,5 milhões de pares de luvas por R$ 4,2 mi

Após relatos de falta do equipamento, negada pela Secretaria, o estoque será reforçado. Empresa tem 30 dias para entregar o total

atualizado 11/11/2020 12:04

mãos vestindo luvas hospitalaresRafaela Felicciano/Metrópoles

Um dia após negar desabastecimento de itens hospitalares nas unidades da rede pública, a Secretaria de Saúde (SES-DF) empenhou mais de R$ 4,25 milhões para encomendar 11,5 milhões de pares de luvas não cirúrgicas, quase todas estipuladas como “luvas de procedimento não estéril de látex”

Todos os tamanhos são contemplados pela compra, com preço unitário de R$ 0,37 o par. É a segunda vez, em menos de 30 dias, que a pasta reforça o seu estoque. Em 26 de outubro, a pasta havia encomendado mais de 5,7 milhões de luvas do mesmo tipo.

Em ambas as compras, a fornecedora, a JKL de Fortaleza, tem prazo de 30 dias para a entrega. O valor fixo deve-se a registro de preço, firmado em agosto, que o garante num período de 12 meses.

O Metrópoles recebeu denúncias de falta de material para a realização de procedimentos cirúrgicos, que estaria atrasando a retomada das operações seletivas. Em setembro, a SES-DF tinha apelado a empréstimo de luvas ao Iges-DF.

0

Últimas notícias