Coronavírus: DF testará tratamento com plasma em pacientes

Pessoas diagnosticadas com Covid-19 podem ajudar com a pesquisa, doando o material para a Fundação Hemocentro de Brasília

atualizado 28/04/2020 21:45

A Fundação Hemocentro de Brasília anunciou, nesta terça-feira (28/04), que irá testar a eficácia do tratamento que usa plasma de pessoas recuperadas em pacientes diagnosticados com a Covid-19.

A pesquisa será conduzida em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e tem aval da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF).

O procedimento consiste na técnica de transferência passiva de imunidade, ou seja, utilizar anticorpos de pessoas já recuperadas da doença no tratamento de pacientes confirmados com o novo coronavírus.

Há uma relação positiva no quadro clínico de infectados que receberam plasma de pacientes já curados.

Como participar

Os interessados em participar da pesquisa doando o material poderão registrar candidatura no site da Fundação Hemocentro a partir desta quarta (29/04).

A Secretaria de Saúde e a Fundação Hemocentro ressaltam que pacientes internados por Covid-19 só receberão o tratamento com plasma de convalescente se houver consentimento dele ou de seus familiares com a participação no estudo.

Últimas notícias