*
 

Diante de protestos de servidores, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou os 22 nomes do alto escalão que se desincompatibilizam do Executivo nesta sexta-feira (6/4). Do lado de fora do Palácio do Buriti, sindicalistas empunhavam faixas com os dizeres: “Quem reprova Rollemberg, buzina”.

Dentro da sede do Executivo, a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, abriu a cerimônia afirmando ter o sentimento de missão cumprida. “A gente quer fazer o bem e fazer muito bem. Quero ser sempre melhor”, afirmou, ao anunciar que deixa o governo para concorrer a um cargo no Senado Federal. No lugar dela, assume Renato Brown.

Recentemente, Brown saiu da Diretoria Financeira da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) e retornou à secretaria, onde foi adjunto, já sabendo que iria ficar com o cargo, conforme revelou o Metrópoles. “O futuro é esperançoso, mas amedrontador”, disse Leany.

Fiel escudeira de Rollemberg, ela declarou lealdade ao governador. “Construímos e vamos construir muito mais”, destacou. “Tem gente experiente como a Abadia. E caloura, como eu. Estamos saindo por ter um compromisso forte com essa concepção de cidade que queremos”, afirmou Leany. A ex-secretária deseja se tornar a primeira senadora eleita pelo Distrito Federal. Já fora da secretaria, anunciou que hoje é seu aniversário e vai comemorar com os filhos.

Em seguida, Rollemberg pegou a palavra e disse que se sentia emocionado. “Nunca tinha vivido um momento como esse. Eles saem, mas mantêm o compromisso com o governo”, ressaltou. Lembrou das dificuldades do início da gestão, das madrugadas em claro com o rombo de R$ 6 bilhões no orçamento, dinheiro escasso para pagar servidores. “Mas essa equipe teve coragem e união ao tomar medidas necessárias, com todo custo político e pessoal que poderia ter. Colocaram o interesse da cidade em primeiro lugar”, elogiou.

Hugo Barreto/Metrópoles

Leany abriu a cerimônia em que o governador anunciou as desincompatibilizações

No time de secretários que deixam o governo, estão a secretária de Projetos Estratégicos, Maria de Lourdes Abadia, e o subsecretário de Políticas Estratégicas da Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh), Virgílio Neto. Os dois saíram do PSDB, nesta semana, para compor a nominata do PSB de Rodrigo Rollemberg nas eleições.

O atual secretário das Cidades, Marcos Dantas, sai do governo para disputar uma cadeira de deputado federal. No lugar dele, entra o coronel Hamilton Santos Esteve Júnior, ex-comandante do Corpo de Bombeiros do DF (CBMDF), conforme antecipou o Metrópoles.

Desligam-se também o subsecretário de Mobiliário Urbano e Participação Social, Marlon Costa (PSB), para tentar conquistar vaga na Câmara Legislativa do DF (CLDF), e Igor Tokarski (PSB), do Meio Ambiente (confira lista abaixo), segundo o Metrópoles também mostrou nessa quinta.

Hugo Barreto/Metrópoles

Manifestação do lado de fora no Buriti

 

O governador anunciou que os nomes dos substitutos serão divulgados em edição extra do Diário Oficial do DF desta sexta-feira. Na próxima terça (10), eles tomarão posse. A desincompatibilização, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é o afastamento necessário de ocupantes de algum cargo ou função pública para que possam concorrer aos mandatos de presidente da República, senador, governador, deputado federal ou distrital, no caso de Brasília.

Confira os nomes de quem se desincompatibiliza do governo nesta sexta-feira (6/4):

Secretários
Marcos Dantas: secretário das Cidades
Leila Barros: secretária de Esporte, Turismo e Lazer
Igor Tokarski: secretário do Meio Ambiente
Maria de Lourdes Abadia: secretária de Projetos Estratégicos
Aurélio Araújo: secretário de Política para Crianças, Adolescentes e Juventude
Leany Lemos: secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão

Secretários adjuntos e subsecretários
Thiago Jarjour: secretário adjunto de Ciência e Tecnologia
Marlon Costa: subsecretário de Mobiliário Urbano e Participação Social
Daniel Crepaldi: subsecretário de Educação Básica
Isaías Aparecido da Silva: subsecretário de Administração Geral
Fábio Pereira de Souza: subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação Educacional
Rodrigo Dias: subsecretário de Direitos Humanos da Secretaria do Trabalho
Raíssa Rossiter: subsecretária de Política para Mulheres
Virgílio Neto: subsecretário de Políticas Estratégicas da Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh),

Controladoria-Geral do DF
Henrique Ziller: controlador-geral

Administradores regionais
Roosevelt Vilela: Park Way, Núcleo Bandeirante e Candangolândia
Alessandro Paiva: Lago Sul
Charles de Magalhães: Sobradinho e Fercal
Maria Antônia Magalhães: Gama
Gustavo Amaral:  Plano Piloto

Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB)
André Brandão: diretor
Roberto Medeiros Santos

 

 

 

COMENTE

rollembergGDFdesincompatibilização
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito