Resgatada ao Zoo do DF, loba-guará que foi atropelada volta à natureza

Animal ficou sob tratamento por quase dois anos e foi solto no Parque Nacional de Brasília após passar por pelo menos quatro cirurgias

atualizado 05/07/2021 23:06

Zoológico de Brasília/Divulgação

Uma loba-guará adulta que passou quase dois anos em recuperação no Zoológico de Brasília, após ter sido atropelada em uma rodovia em Goiás, voltou ao habitat natural dela. Com o nome de Dama, ela foi solta dentro do Parque Nacional de Brasília.

O acidente com o animal ocorreu em agosto de 2019. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Goiás e encaminhada à Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB) com vários carrapatos, desidratada e uma grave fratura exposta na pata esquerda.

Durante o período em que esteve sob os cuidados da equipe do Hospital Veterinário, Dama foi submetida a pelo menos quatro cirurgias com o veterinário ortopedista Thiago Brito. “O animal chegou ao Zoo com a articulação e a pata bem comprometidas. O procedimento que fizemos, chamado de artrodese, foi para estabilizar o membro, por meio de uma placa metálica, para que ela conseguisse voltar a andar”, explica Thiago.

Depois de se recuperar de todos os procedimentos cirúrgicos a que foi submetida, a loba apresentou uma grande melhora no seu quadro nos últimos meses, o que possibilitou ser encaminhada para soltura, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“Fizemos a coleta de sangue dela para analisar sua condição física, e ela estava cada dia melhor e apta para soltura. É muito gratificante ter feito parte da história de vida da Dama e, após salvá-la, poder enviá-la de volta à natureza, lugar de onde nunca deveria ter saído”, afirma a gerente de clínica cirúrgica do Zoológico, Fernanda Mergulhão.

Confira a soltura de Dama de volta à natureza

Últimas notícias