Rachadura e estrondo assustam alunos de escola particular no DF

Bombeiros identificaram fissura em parede, mas a Defesa Civil liberou o local e as aulas continuam normalmente

atualizado 24/10/2019 14:38

Felipe Menezes/Metrópoles

Os alunos do colégio COC do Jardim Botânico levaram um susto, na manhã desta quinta-feira (24/10), após relatos de um forte estrondo no centro de ensino. Acionados, os bombeiros identificaram fissura em uma parede. O prédio, no entanto, foi liberado pela Defesa Civil e as aulas continuam normalmente.

O pai de uma aluna do 7º ano, que não quis se identificar, informou ao Metrópoles que a filha ligou falando sobre o ocorrido. “Os alunos ficaram com medo e saíram da escola”, conta o homem. Alguns estudantes chegaram a deixar o colégio.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou ter identificado rachadura em uma parede do prédio. A Defesa Civil esteve no local para perícia, mas não foi detectado nenhum dano grave na estrutura do colégio.

A escola enviou nota ao Metrópoles informando que a situação não passou de um susto e que as aulas voltaram a ocorrer. “O episódio ocorrido (…) não passou de um susto, e as aulas já voltaram ao normal. O problema foi em um dos prédios, no momento do acionamento da bomba de água, que ocasionou uma vibração e consequente barulho descritos pelos alunos”, explica o texto.

“De forma preventiva, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros — assim como um engenheiro contratado — realizaram a vistoria e liberaram o local. Com relação às fissuras, laudo técnico aponta apenas para pequenos reparos”, garante a escola.

Últimas notícias