Programa ensina 900 voluntários do DF a ajudar vítimas de violência

O programa Sinal Vermelho capacitou 903 funcionários de 34 estabelecimentos a ajudar mulheres vítimas de violência doméstica

atualizado 18/06/2022 19:48

Na fotografia colorida, a mulher mostra um x vermelho na mão em uma farmáciaRafaela Felicciano/Metrópoles

O Sinal Vermelho, programa do Governo do Distrito Federal (GDF), capacitou 903 funcionários de 34 estabelecimentos para ajudar vítimas de violência.

Violência contra a mulher: identifique e saiba como denunciar

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
Publicidade do parceiro Metrópoles 7
0

 

Os voluntários trabalham em estabelecimentos como hotéis, shoppings, condomínios, farmácias, supermercados, restaurantes e lojas de roupa.

Segundo a Secretaria da Mulher, o objetivo é engajar a sociedade para atuar pelo fim da violência de gênero. Os estabelecimentos que participaram do curso estão aptos a acolher vítimas que pedirem socorro.

“O nosso objetivo é que as instituições sejam capazes de ajudar as vítimas que os procuram e busquem apoio com a segurança pública”, disse a secretária da Mulher, Vandercy Camargos.

O Programa de Cooperação e Código Sinal Vermelho foi criado pelo Decreto nº 41.695, de 7 de janerio de 2021. Antes, apenas farmácias participavam da campanha contra violência de gênero.

As mulheres vítimas são orientadas a indicarem um sinal vermelho na mão, caso não consigam verbalizar o pedido de socorro. O sinal pode ser pequeno, como um ponto vermelho no dedo ou nas mãos. Os funcionários dos estabelecimentos capacitados foram orientados a estarem atentos à sinalização.

Denúncias também podem ser feitas para a Central de Atendimento à Mulher, no número 180, e para a Polícia Civil, no formato online, pelo e-mail [email protected], pelo telefone 197 – Opção 0 (zero) – ou por meio do WhatsApp, no número (61) 98626-1197. A Polícia Militar atende a população pelo número 190.

Com informações da Agência Brasília.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias