Rosso, Izalci e Cristovam se encontram com Alckmin na sede do PSDB

Os integrantes da terceira via procuraram o cacique tucano um dia depois de Rosso desistir da corrida ao Palácio do Buriti

JP Rodrigues/ Especial para o MetrópolesJP Rodrigues/ Especial para o Metrópoles

atualizado 25/07/2018 18:07

Em meio às discussões sobre o seu vice, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB/SP) voltou a atenção para o cenário político local. Por volta das 15h desta quarta-feira (25/7), o postulante ao Planalto recebeu Izalci Lucas (PSDB) e Rogério Rosso (PSD), ambos deputados federais, e o senador Cristovam Buarque (PPS). Os políticos chegaram à sede da legenda tucana, localizada na 607 Sul, para conversar com o pré-candidato à Presidência da República.

Os parlamentares procuraram Alckmin um dia depois de Rogério Rosso desistir de concorrer ao Palácio do Buriti nas eleições de 2018. Integrantes da terceira via, os três mantiveram Izalci como cabeça de chapa, sem definir um vice e diante de um cenário nebuloso nas escolhas dos representantes políticos do DF.

Na última terça-feira (24), Jofran Frejat (PR), primeiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, anunciou ter desistido de concorrer ao GDF para não ceder a pressões. O médico afirmou que não venderia a alma ao “diabo”, referindo-se a aliados que planejavam tomar conta de um eventual governo comandado por ele.

Desde então, a busca por um nome competitivo é incansável. As reuniões têm durado cerca de 10 a 12 horas. Cristovam, concorrente à reeleição, confirmou nessa terça o declínio de Rosso e confirmou Izalci. O deputado federal tem conversado com outros aliados. Na manhã desta quarta (25), por exemplo, ficou reunido com José Roberto Arruda (PR) e o grupo que acompanhava Frejat antes da desistência.

Grupo Frejat
Enquanto isso, o grupo que orbitava o nome de Frejat passou a manhã reunido na casa do ex-vice-governador Tadeu Filippelli (MDB), no Lago Sul.

O primeiro a ser recebido pelo emedebista foi o presidente do Avante no DF, Paco Britto. Logo depois, chegaram outros representantes da chapa que era liderada pelo ex-secretário de Saúde: o deputado federal Rôney Nemer (PP); o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF) Ibaneis Rocha (MDB); e Alexandre Bispo, que comanda o partido de Frejat no Distrito Federal.

Uma das possibilidades levantada por eles é de que Ibaneis assuma o posto de Frejat na disputa pelo Buriti. “A reunião vai continuar, temos muito o que conversar”, disse o ex-presidente da OAB-DF.

Últimas notícias