*
 

Irritado com a votação na Câmara Legislativa que derrubou o aumento das tarifas do transporte público, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) convocou uma coletiva de imprensa para criticar a medida. O socialista classificou a decisão dos distritais de “irresponsável” e confirmou que recorrerá à Justiça.

Todos os 18 deputados presentes à sessão votaram a favor de anular o aumento de até 25% nas passagens de ônibus e metrô. Segundo Rollemberg, a atitude foi “ilegal, abusiva e completamente desconectada da realidade financeira do Distrito Federal e do Brasil”.

A Câmara Legislativa tem se destacado por criar despesas sem apontar receitas. É essa irresponsabilidade fiscal que contribuiu para que Brasília esteja vivendo a maior crise econômica de sua história"
Rodrigo Rollemberg, governador

Ainda segundo Rollemberg, a decisão da Câmara será submetida à Procuradoria-Geral do DF para saber em que momento entrará em vigor. A legislação obriga que a publicação da norma seja feita em até 15 dias no Diário Oficial do DF. Só então a mudança passa a vigorar.

Ouça outro trecho da entrevista:

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Política