metropoles.com

MPDFT recomenda a Ibaneis não nomear distritais em empresas públicas

Instrução do Ministério Público surge após indicação de Wellington Luiz à presidência do Metrô-DF

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
Ibaneis e Wellington
1 de 1 Ibaneis e Wellington - Foto: Divulgação

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios fez uma recomendação ao governador eleito Ibaneis Rocha (MDB): a Lei Federal nº 13.303/16 proíbe a nomeação em empresas públicas de pessoas que tenham atuado na direção de partido político ou feito campanha eleitoral nos últimos três anos, alertou o órgão. A norma atinge a indicação de Wellington Luiz (MDB) à presidência da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF).

A instrução foi encaminhada ao futuro gestor pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep), na última quinta-feira (13/12). De acordo com os promotores de Justiça, a lei impede as indicações “para direção ou conselho de administração de empresa pública e sociedade de economia mista”.

O deputado distrital Wellington Luiz tentou se reeleger nas eleições de 2018, mas obteve 11.663 votos e saiu derrotado. Ele é secretário-geral do MDB-DF, cargo estratégico na regional do partido, e vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Em 22 de novembro, Ibaneis o indicou para ser diretor-presidente do Metrô-DF em sua gestão.

Wellington foi procurado pela reportagem, mas não atendeu as ligações telefônicas. A assessoria de Ibaneis disse que o governo de transição está estudando a legislação para se pronunciar.

Veja o ofício do MPDFT:

Recomendação Prodep 2018 005 by Metropoles on Scribd

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações