Ibaneis escolhe Bispo Renato para a articulação parlamentar

Deputado não conseguiu se reeleger e cuidará da aprovação de projetos de interesse do Executivo na Casa em que passou os últimos quatro anos

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 21/12/2018 17:13

O deputado distrital Bispo Renato Andrade (PR) é o mais novo integrante da equipe do futuro governo. Ele será secretário de Articulações Políticas do GDF na Câmara Legislativa. O distrital é o terceiro não reeleito a ganhar espaço no novo Buriti. O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a informação na tarde desta sexta-feira (21/12).

O trabalho de Bispo Renato será acompanhar a aprovação de projetos do Executivo que tramitam no Legislativo. A função prevê ainda a criação e a manutenção de um canal permanente entre os dois Poderes.

A decisão, segundo uma fonte próxima às negociações, teve influência dos distritais Wellington Luiz (MDB) e do atual presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT). Ambos confirmaram terem sido consultados pelo próprio governador e teriam conversado com Bispo Renato para que ele aceitasse o cargo, já que num primeiro momento teria recusado.

Ainda na quarta (19), Ibaneis questionou os dois parlamentares sobre o trânsito de Bispo Renato entre os demais distritais. Foi a partir desta conversa que o futuro chefe do Executivo teria insistido no convite.

Bispo Renato é réu no processo decorrente da Operação Drácon, que investiga o recebimento de propina por distritais em troca de emendas parlamentares.

Consolação 
Bispo Renato Andrade é o terceiro distrital a não se reeleger que ocupará um cargo no governo de Ibaneis. Raimundo Ribeiro (MDB) foi indicado para uma diretoria da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa). Depois de uma breve novela envolvendo a presidência do Metrô, Wellington Luiz ficou  Companhia Habitacional do DF (Codhab).

Últimas notícias