*
 

A onda de oposição ao governador Rodrigo Rollemberg (PSB) ganhou mais força nesta terça-feira (23/1). Um novo bloco começa a ser formado por PPS, PSD, PCdoB e PDT. Dessa forma, unem-se para a disputa eleitoral o senador Cristovam Buarque (PPS), o deputado federal Rogério Rosso (PSD), o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT), e o vice-governador do Distrito Federal, Renato Santana (PSD).

Uma reunião contou com a presença dos políticos, na sede do PPS nacional, no Pátio Brasil, durante a tarde. A aliança das siglas deu um passo importante, e a junção das legendas deve ser formalizada em breve, afirmou Rosso ao Metrópoles.

Na semana que vem, inclusive, o grupo tem um encontro marcado para elaborar uma “agenda comum para o DF”, com a finalidade de alinhar os planos para o possível programa eleitoral.

Os partidos pensam diferentemente em alguns aspectos. Nós vamos trabalhar esta convergência”, detalhou Rosso. O presidente regional do PRB do Distrito Federal, Wanderley Tavares, não esteve na reunião desta terça-feira, mas tem a intenção de integrar o grupo.

A deputada distrital Celina Leão (PPS), o presidente do PPS, Chico Andrade, e o ex-secretário de Justiça e Cidadania, Arthur Bernardes, também marcaram presença.