CPI do Feminicídio da CLDF é suspensa por conta do Coronavírus

Medida adia prazos até que quarentena na Câmara Legislativa seja revogada

atualizado 26/03/2020 17:41

A Mesa Diretora suspendeu, nesta quinta-feira (26/03), os trabalhos e prazos da Comissão Parlamentar de Inquérito do Feminicídio (CPI do Feminicídio) enquanto durar o ponto facultativo da Câmara Legislativa, em decorrência do combate ao Coronavírus (Covid-19). A decisão foi publicada na edição do Diário da Câmara Legislativa (DCL).

Desde a semana passada, as reuniões presenciais na Casa estão suspensas. A preocupação tem sido tão grande que as sessões em plenário estão ocorrendo de forma remota, por meio de um aplicativo.

Desde outubro, a CPI tem recolhidos dados, feito diligencias e ouvido autoridades ligadas às ações de combate e prevenção ao assassinato de mulheres. O grupo também vinha fazendo visitas às famílias de vítimas de feminicídios. Também haviam sido realizadas audiências com grupo de mulheres e membros do GDF.

O objetivo é reunir informações que gerem sugestões e medidas a fim de reduzir a violência contra mulheres, especialmente vítimas de seus companheiros.

Últimas notícias