Bartolomeu Rodrigues é o novo secretário de Cultura do DF

Amigo pessoal do governador Ibaneis Rocha, o jornalista foi convidado nesta quinta (19/12/2019), após a exoneração de Adão Cândido

atualizado 19/12/2019 22:00

Bartolomeu RodriguesImagem cedida ao Metrópoles

Bartolomeu Rodrigues assumirá a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) do Distrito Federal. Amigo pessoal do governador Ibaneis Rocha, o jornalista foi convidado para o cargo após a exoneração do ex-secretário Adão Cândido, decisão anunciada em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), nesta quinta-feira (19/12/2019).

O pedido para assumir o cargo com a saída de Adão Cândido partiu do governador Ibaneis Rocha (MDB). “Foi uma convocação”, disse Bartô, como é conhecido no meio jornalístico.

Ao Metrópoles, o novo secretário afirmou que aproveitará a fase de fim de ano para conhecer a pasta e ouvirá todos os setores com espírito conciliador. “Chego com humildade, espero corresponder à expectativa e disposto a trabalhar pela cultura da cidade que me acolheu”, ressaltou.

Polêmicas na pasta

Ao longo dos 12 meses de gestão, Cândido acumulou polêmicas à frente da Secec. Os ruídos com a comunidade artística cresceram quando o edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) foi cancelado para destinação da verba às reformas no Teatro Nacional Claudio Santoro.

Adão Cândido se manifestou por meio de nota à imprensa: “Agradeço a oportunidade e confiança dada pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, para realizar durante todo o ano de 2019 este trabalho à frente da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Acredito que realizamos grandes ações em defesa das políticas públicas culturais e do patrimônio neste período e tenho a certeza de que a população do Distrito Federal irá colher os frutos deste trabalho”.

Últimas notícias