Agefis vai virar DF Legal e ficará sob comando de Georgeano Trigueiro

Ele já foi presidente da agência e ex-administrador do Recanto das Emas. É ligado ao deputado federal Rôney Nemer (PP)

ReproduçãoReprodução

atualizado 19/12/2018 10:18

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) anunciou, nesta quarta-feira (19/12), que a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) será rebatizada com o nome de DF Legal. O órgão ficará sob comando do auditor de carreira Georgeano Trigueiro Fernandes.

Ele já foi presidente da agência e ex-administrador do Recanto das Emas. É ligado ao deputado federal Rôney Nemer (PP). Valterson da Silva, também auditor de carreira da Agefis e ex-secretário adjunto da Secretaria de Ordem Pública e Social, será o presidente adjunto.

Ibaneis chegou a aventar a possibilidade de nomear o deputado distrital Wellington Luiz (MDB) para o cargo. O parlamentar, que não conseguiu ser reeleito, foi anunciado como futuro presidente da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), mas teve a indicação colocada em xeque após recomendação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Durante a campanha, o próximo chefe do Executivo local disse que iria acabar com a Agefis. Porém, mudou o discurso após entender que a função da agência era importante. Garantiu, entretanto, que o órgão não agiria por motivações políticas.

O MPDFT fez uma recomendação a Ibaneis no último dia 13, ao lembrar que a Lei Federal nº 13.303/16 proíbe a nomeação, em empresas públicas, de pessoas que tenham atuado na direção de partido político ou feito campanha eleitoral nos últimos três anos.

Embora Ibaneis afirme que não enxerga a norma como uma barreira no Distrito Federal, por se tratar de empresas públicas federais, o governador eleito decidiu levar em consideração o alerta. “Se for só uma questão da legislação, não vejo que se aplique ao DF, porque o governo federal só pode cuidar das suas próprias empresas”, pontuou o futuro titular do Palácio do Buriti.

O emedebista disse que ainda não definiu quem cuidará da Companhia Habitacional do Distrito Federal (Codhab). E acrescentou que talvez faça alguns ajustes na formação da cúpula da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

Ibaneis conversou com a imprensa antes do evento de diplomação dos vencedores das eleições de 2018. A cerimônia foi realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

Últimas notícias