Polícia divulga imagem de diarista indiciada por furto qualificado no DF

Rosângela Ferreira Nascimento, 39 anos, furtava roupas de grifes e ostentava nas redes sociais. Investigação busca mais vítimas

atualizado 09/11/2020 16:01

Divulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou a imagem e o nome de uma empregada doméstica investigada pela prática de furto qualificado. Trata-se de Rosângela Ferreira Nascimento, 39 anos, que atuava como diarista na casa das vítimas.

A acusada foi presa, na última sexta-feira (6/11), por agentes da 35ª DP (Sobradinho 2) por meio da Operação Mãos Leves. A polícia divulga as imagens para que outras vítimas possam reconhecê-la. Até o momento, os policiais recuperaram diversos bens furtados.

Conforme apurado, os furtos ocorreram em residências situadas na Asa Norte e em Taguatinga Norte, mas a ocorrência foi registrada na 35ª DP, após uma das vítimas ter visto a fotografia de Rosângela nas redes sociais, vestida com uma camiseta de grife que havia ganhado do pai.

0

A camiseta é avaliada em mais de R$ 2 mil. Rosângela, moradora Ceilândia, prestou depoimento e confessou as práticas ilícitas. Disse que estava arrependida e acompanhou os policiais até a casa dela, onde mostrou parte dos bens furtados. Lá, foram encontrados outros objetos dos quais se suspeita a subtração.

A autora vai responder, até o momento, por três crimes de furto qualificado e, caso condenada, pode pegar até 8 anos de prisão por cada um deles.

Imagens da ação: 

Mais lidas
Últimas notícias