PMDF identifica suspeito de matar uma pessoa e atear fogo ao corpo

Autor seria adolescente de 17 anos, que foi levado à DCA. Identidade da vítima ainda não foi confirmada

atualizado 21/09/2020 23:45

Pedestre morre após ser atropelado na DF-128, em PlanaltinaDivulgação/CBMDF

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) identificou o suspeito de ter matado uma pessoa e carbonizado o corpo em São Sebastião, na noite desta segunda-feira (21/9). Um adolescente de 17 anos, com passagens pela polícia por roubo e tráfico de entorpecentes, foi apreendido e conduzido à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), na Asa Norte.

O crime aconteceu na Chácara 66, próximo ao galpão da Feira do Morro da Cruz, em São Sebastião. Segundo o cadete Ziegler Paes Leme, do 21º Batalhão da PMDF, que acompanhou a ocorrência, os vizinhos afirmaram que antes do crime um adolescente chegou a ameaçá-los no local. A região é frequentada por usuários de drogas.

Com a ajuda dos vizinhos, a polícia conseguiu identificar o suspeito e descobriu que ele estava escondido em um mercado próximo.

“Ele mesmo, provavelmente já sob efeito de entorpecentes, confirmou que tinha praticado o crime, durante o questionamento, informou que tinha desmaiado a vítima, tocado fogo e dado facadas em seguida”, contou Paes Leme.

Ainda conforme o cadete, mais tarde uma senhora passou no local procurando pelo filho. A polícia acredita que o jovem seja a vítima do assassinato. “Mostramos a foto do filho para o suspeito e ele confirmou que era a vítima, mas só a perícia vai confirmar”, informou Paes Leme.

Ainda segundo o cadete, o suspeito afirmou que matou a vítima por não ter lhe devolvido um par de tênis emprestado e, ainda, por tentar conquistar a sua namorada.

“Gostaria de destacar que só conseguimos chegar no possível criminoso com a ajuda da sociedade. Essa é uma parceria que tem dado muito certo”, afirmou o policial.

Últimas notícias