PMDF alerta: bandidos oferecem vacinação contra Covid-19 e clonam WhatsApp

A Polícia Militar do Distrito Federal iniciou campanha contra golpe que rouba dados pessoais pelo telefone celular

atualizado 21/01/2021 20:02

Vacinação da Covid no HranGustavo Moreno/ Especial para o Metrópoles

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) faz campanha de alerta contra golpes de clonagem do WhatsApp envolvendo a vacinação contra a Covid-19.

Os criminosos telefonam para as vítimas e se passam por funcionários do Ministério da Saúde que estariam cadastrando cidadãos para a vacina. Eles, então, solicitam o código de ativação do aplicativo de mensagens e acessam o telefone pelo WhatsApp. A partir dos dados pessoais, é possível ativar a conta em outro aparelho.

De acordo com o major Michello Bueno, assessor de Comunicação  da PMDF, o golpe é mais uma modalidade de fraude que utiliza o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. “O código de ativação do WhatsApp não deve ser compartilhado, pois, com ele, os bandidos têm acesso à agenda e podem pedir dinheiro aos contatos”, alerta.

A ativação da verificação em duas etapas nas configurações do aplicativo é recomendada pelo próprio aplicativo.

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do DF  também emitiram um alerta sobre o golpe. O órgão do GDF ressaltou que não realiza agendamentos por telefone, tampouco pede verificação via mensagem.

“O Ministério da Saúde alerta para um novo golpe em nome do órgão! A ação visa clonar seu número do aplicativo de mensagens e ter acesso aos dados do seu celular. Não caia nessa! O Ministério da Saúde não telefona para marcar vacinação e jamais pede este tipo de confirmação de dados”, ressaltou o Ministério nas redes sociais.

Últimas notícias