PCDF tem 10 dias para determinar data de homologação de concurso público

Data provável de divulgação do resultado final do certame só pode ocorrer após conclusão do terceiro grupo do Curso de Formação Profissional

atualizado 28/08/2020 5:38

fachadaPCDF/Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) terá que inserir no edital de concurso público subitem contendo a data provável de divulgação da homologação do resultado final da concorrência. Essa previsão não pode ser dada enquanto não houver resultado final do terceiro grupo do Curso de Formação Profissional da corporação. Nas mudanças, a PCDF deve deixar claro que, somente a partir daí, começa a contagem do prazo de validade da seleção.

A decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas do DF nessa quarta-feira (26/8). Os conselheiros deram 10 dias para a PCDF realizar as mudanças no Edital nº 1, publicado em 1º de julho no Diário Oficial do DF.

Esse edital regula o concurso público para preenchimento de 600 vagas do cargo de agente de polícia da carreira de Polícia Civil do Distrito Federal, bem como para formação de cadastro de reserva em duas vezes o número de vagas, que pode chegar a 1,2 mil oportunidades. Interessados têm até 8 de setembro para se candidatar à seleção. O salário de agente da PCDF é de R$ 8.698,78.

A determinação não acarreta em qualquer interrupção do certame. Ela foi tomada após pedido da Secretaria de Fiscalização de Pessoal (Sefipe).

Mudança

A justificativa para o pedido de alteração no edital foi de que três listas em ordem de classificação seriam divulgadas para a formação de três turmas. Todas participam do curso de formação, que pode chegar a atender 1,8 mil aprovados.

O entendimento foi de que, como o certame é o resultado da soma da nota final na primeira etapa e da nota final no curso de formação profissional, seria interessante que o prazo para a homologação só ocorresse no fim do processo de todos os aprovados para que a validade do certame só tenha contagem após os resultados definitivos das provas.

O prazo de validade do concurso se esgota após 2 anos, contados da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Fases

A primeira fase do concurso é composta por provas e discursivas, exames biométricos, avaliação médica e psicológica,prova de capacidade física, além de sindicância de vida pregressa. Todas de caráter eliminatório.

A segunda etapa do certame consiste em Curso de Formação Profissional (CFP).  De acordo com edital, as provas objetivas e a prova discursiva serão aplicadas na data provável de 18 de outubro de 2020, no turno da tarde.

Serão divulgadas, oportunamente, as informações a respeito das medidas de proteção a serem adotadas nos dias de realização das provas, em razão da pandemia do novo coronavírus.

A prova é organizada pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), entidade ligada à Universidade de Brasília (UnB), e tem data prevista para o dia 18 de outubro. São 120 questões do tipo “Certo” ou “Errado”, com 50 perguntas de conhecimento geral e 70 específicas. A taxa de inscrição é de R$ 196.

No site da banca já é possível fazer o upload da documentação que pede atendimento especial ou para concorrer às vagas para pessoas com deficiência. O edital também está disponível na página para as inscrições.

0

Últimas notícias