PCDF recupera 12 bovinos negociados por estelionatário que fingiu ser dono dos animais

A Operação Boi na Linha foi deflagrada nessa quinta-feira (4/2). A polícia continua em busca de informações para prender o autor do golpe

atualizado 05/02/2021 10:54

Gado Roubado

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, na tarde dessa quinta-feira (4/2), a Operação Boi na Linha, com objetivo de recuperar 12 bovinos que foram usados em um golpe praticado no site OLX. As cabeças de gado haviam sido negociadas a R$ 36,5 mil. Um estelionatário, fingindo interesse na aquisição dos animais, forjou o depósito na conta do proprietário e conseguiu aplicar o golpe. Os investigadores continuam atrás do suspeito.

O golpista viu o anúncio feito pela vítima na famosa página de vendas e compras na internet. Inicialmente, o homem havia dito que tinha seis bois e duas vacas para vender, e pedia a quantia de R$ 30 mil. Enviou foto dos animais ao falso cliente, que perguntou se ele não tinha mais gado para comercializar. O negócio acabou “fechado” com mais duas vacas e um bezerro, totalizando 12 cabeças, no valor de R$ 36,5 mil.

O falsário, então, usou as fotos enviadas pelo vendedor e criou um outro anúncio, tentando vender todos os animais – que  não eram seus – por R$ 12,8 mil. O representante de um haras no Recanto das Emas mostrou interesse e o golpista articulou, então, que ele visitasse a fazenda onde estavam os bovinos. Ao verdadeiro dono, o suspeito disse que enviaria um representante, para avaliar os animais, em Sobradinho.

O verdadeiro comprador gostou dos animais e, então, efetuou o depósito de R$ 12 mil na conta do golpista. Este, por sua vez, enviou um falso comprovante de depósito para a conta do dono do gado, no valor acordado por eles, e os animais foram entregues ao homem que lá estava.

Ouça a ligação feita pelo golpista:

Quando perceberam o golpe, o verdadeiro dono dos animais acionou a 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), que deflagrou uma operação, em cumprimento ao mandado de busca e apreensão, recuperando os bovinos objeto de golpe. A investigação prossegue para identificar o autor do golpe, que segue solto.

O delegado-chefe da 35ª DP, Ataliba Neto, deu detalhes do caso. Confira:

Últimas notícias