PCDF prende integrantes do PCC que criaram “central telefônica” para dar golpe em idosos

São cumpridos 17 mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Planaltina

atualizado 07/10/2021 9:08

A 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina) deflagrou, nesta quinta-feira (7/10), a Operação Call Card Number para desarticular organização criminosa que administrava uma central telefônica clandestina, responsável por fazer ligações para vítimas idosas, em todo o Brasil.

O objetivo dos acusados era recolher cartões bancários. O crime ficou conhecido como Golpe do Motoboy. Os quatro principais líderes são vinculados ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

São cumpridos 17 mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Planaltina. Os crimes investigados são de estelionato e furtos mediante fraude. A quadrilha agia nas cidades de São Paulo, Goiânia, Planaltina, Taguatinga e Paranoá. A ação contou com o apoio da Divisão de Operações Policiais Estratégicas (Dope), da Polícia Civil de São Paulo.

Até o momento, foram presos três dos principais líderes e cinco executores da arrecadação e subtração. A operação está em andamento.

Últimas notícias