PCDF prende homem que ameaçava divulgar vídeos íntimos da ex-esposa

O autor permanece à disposição da Justiça. Caso condenado, pode pegar até três anos de prisão

atualizado 25/06/2021 13:11

StalkerReprodução

Um homem de 44 anos foi preso preventivamente na noite dessa quinta-feira (24/6), pelo crime de perseguição contumaz contra a ex-esposa, em nova fase da Operação Perseguidores, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), em Ceilândia.

Segundo a 38ª DP (Vicente Pires), após cinco anos juntos, o casal se separou em fevereiro deste ano e o autor não se conformava com o fim do relacionamento. O ex-marido passou a enviar, de forma insistente, e-mails, mensagens de texto e tocar a campainha do apartamento da vítima.

Além disso, para a obrigar a conversar com ele, passou a ameaçar a mulher, dizendo que iria divulgar vídeos íntimos do casal nas redes sociais.

Chegada na delegacia:

Contra o acusado, já havia medidas protetivas decretadas. No entanto, o autor estava se ocultando do oficial de justiça para não ser intimado e, desta forma, continuar mantendo contato com a vítima sem que pudesse ser preso pelo descumprimento.

Operação conjunta

No dia 31 de maio deste ano, Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Águas Claras decretou a prisão preventiva do acusado e desde então era procurado pela polícia.

Durante a investigação, foi constatando que ele tinha sido vítima de um crime de roubo, apurado pela 15ª DP (Ceilândia), fato que auxiliou na localização do suspeito na noite desta quinta.

Em seu celular foram encontradas provas de que o homem é obcecado por sua ex-mulher, existindo álbuns contendo fotografias exclusivas da vítima e fotografias do casal. Também foi localizado os e-mails que o autor encaminhava de forma insistente, como forma de manter contato com a mesma.

Após seu interrogatório, o autor foi conduzido para a carceragem, onde permanecerá à disposição da Justiça. Caso condenado, pode pegar três anos de prisão.

Mais lidas
Últimas notícias