*
 

A Polícia Civil prendeu na noite dessa quinta-feira (8/2) um estelionatário, de 30 anos, que prometia facilitar empréstimos e aquisição de cartas de crédito do Programa Minha Casa Minha Vida. Ele prometia aprovação rápida da documentação. Algumas vezes, em até 15 dias. A investigação é da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Difraudes/Corf).

O suspeito, que se apresentava como bancário e, ocasionalmente, amigo de funcionários com grande influência nas instituições financeiras, é morador do Setor de Mansões de Samambaia. Para realizar o suposto serviço, cobrava pagamento antecipado. Os valores variavam de R$ 1 mil a R$ 3,7 mil.

Após o pagamento, o estelionatário inventava desculpas, pedia mais dinheiro ou parava de atender as vítimas. Os golpes começaram em 2012 e seguiram até 2017.

A Polícia Civil conseguiu identificar, nesse primeiro momento, sete vítimas. No entanto, como o crime vem sendo praticado há cinco anos, outras pessoas lesadas podem aparecer. A orientação é que elas procurem a polícia para registrar ocorrência.

Aguarde mais informações

 

 

COMENTE

PCDFestelionatocorf
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito