Oficina do tráfico: operação conjunta mira venda de drogas no Estrutural

Porções cocaína, maconha e crack foram apreendidas, além de dinheiro, balança de precisão e anotações sobre o movimento

atualizado 05/07/2020 11:19

abordagem policialDivulgação / PMDF

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar do Distrito Federal desmantelou um esquema de tráfico de drogas no setor de oficinas da Vila Estrutural, na madrugada deste domingo (5/7). Porções de cocaína, maconha e crack foram apreendidas, além de dinheiro, balança de precisão e anotações sobre o movimento de venda dos entorpecentes. Dois adolescentes foram apreendidos e levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Outros dois adultos também foram presos.

Equipes da Seção de Repressão às Drogas (SRD) da 8ª Delegacia de Polícia (SIA) e do Grupo Tático Operacional (GTOp) da PM receberam uma série de denúncias sobre a movimentação do tráfico nas proximidades das oficinas mecânicas. Os policiais chegaram ao local e fizeram buscas após cercar o perímetro. Nervosos, os suspeitos jogaram as drogas para dentro de terrenos baldios e fugiram. Os três jovens foram apreendidos após a fuga na companhia dos outros dois adultos.

Na última semana, o Metrópoles já havia mostrado que as engrenagens criminosas da estrutura do tráfico de drogas no Distrito Federal não foram abaladas pela pandemia provocada pelo novo coronavírusQuadrilhas se reinventaram e desenvolveram mecanismos para manter transações de entorpecentes a pleno vapor.

Um dos métodos foi identificado pela Polícia Civil e chama a atenção pela engenhosidade: traficantes organizaram uma espécie de “drive-thru do tráfico”, no qual usuários podem comprar cocaína e maconha sem descer de seus veículos.

0

A atividade se espalhou pelos setores da Vila Estrutural e foi mapeada pela Seção de Repressão às Drogas (SRD) da 8ª Delegacia de Polícia (SIA). Não é exagero, de acordo com os investigadores, afirmar que existem dezenas de pontos de venda de drogas espalhados pelos setores da região administrativa. Boa parte dos locais aderiu à modalidade de drive-thru, por ser mais rápido, seguro e ideal para manter o isolamento em tempos de coronavírus.

Últimas notícias