No DF, 95% das UTIs públicas para Covid estão ocupadas nesta quarta

Do total de 65 leitos Covid disponibilizados na rede pública de saúde, 45 estão ativos e, desses, 41 ocupados. Só há 4 leitos vagos

atualizado 19/01/2022 12:38

leito de UTIGetty Images

Diante do aumento expressivo no número de novos casos de Covid-19 na capital federal, a taxa de ocupação de unidades de terapia intensiva específicas para tratamento de pacientes diagnosticados com novo coronavírus também subiu no DF. Nesta quarta-feira (19/1), 95,12% das UTIs Covid da rede pública para adultos estão ocupadas.

Os números constam no informativo da Secretaria de Saúde do DF, atualizados diariamente. A ocupação de UTIs neonatais exclusivas para Covid está em 50% e o total de leitos disponíveis para pacientes positivos para o coronavírus, adultos e crianças, estão 91,11% ocupadas.

Do total de 65 leitos Covid abertos na rede pública de saúde, 45 estão ativos e, desses, 41 ocupados. Só há quatro leitos vagos.

A rede pública conta, ainda, com unidades de cuidados intermediários (UCIs). Há, no total, 45 leitos do tipo ativos no DF. Desses, 29 estão ocupados e 16 vagos, totalizando uma taxa de ocupação de 64,44%.

Dos 100 leitos em enfermarias públicas do DF, 73 estão ocupados e 27 vagos: 73% é a taxa de ocupação.

Rede privada

Na rede privada, dos 125 leitos abertos, 74 estão ocupados e 51 vagos. A taxa de ocupação total de leitos está em 59,20%, contando as unidades específicas para crianças. Quando somado apenas os leitos adulto, a taxa de ocupação está em 59,35% nos hospitais particulares da capital federal.

 

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

 

Nessa terça (18/1), a Secretaria de Saúde divulgou que a taxa de transmissão da Covid-19 no DF atingiu 2,31, o índice mais alto do ano.  Este valor indicia que 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 231. O valor acima de 1 representa avanço da pandemia. Já abaixo dessa linha, sinaliza que há controle da doença.

Ampliação da vacinação

A partir desta quarta-feira, o DF ampliará a taxa de vacinação infantil contra a Covid-19 e começará a imunizar crianças de 8 a 10 anos. Além da vacinação pediátrica, o DF segue imunizando pessoas com 12 anos ou mais. Também há postos para a vacinação contra a influenza.

O DF aplicou 5.044 doses infantis contra Covid-19 desde o primeiro dia da imunização, iniciada no domingo (16/1). Só na segunda-feira (17/1), 1.398 crianças receberam a vacina, cujo frasco tem rótulo laranja. O número representa menos de 30% do total das doses disponibilizadas até então.

Mais lidas
Últimas notícias