Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Vídeo: PCDF apreende BMW M4 de R$ 487 mil do youtuber Klebim

Ao todo, a PCDF apreendeu 21 veículos, avaliados em cerca de R$ 8,4 milhões

atualizado 24/03/2022 14:58

BMW apreendidaReprodução

Policiais da Divisão de Repressão a Roubos e Furtos (DRF) apreenderam, nesta quinta-feira (24/3), mais um carro de luxo do youtuber Kleber Rodrigues de Moraes, conhecido como Klebim. Uma BMW M4, avaliada em R$ 487 mil, foi localizada em uma oficina no SOF Norte.

O influenciador digital é o principal alvo da Operação Huracán, deflagrada na última segunda-feira (21/3). Ele é apontado pelos investigadores como o cabeça do esquema criminoso envolvendo rifas clandestinas e lavagem de dinheiro que teria rendido R$ 20 milhões em dois anos.

A BMW Z4 e uma SUV Tiguan já haviam sido alvo de pedido de sequestro concedido pela Justiça e foram localizados no interior de uma oficina de preparação de suspensão especial. O dono da empresa foi colocado como fiel depositário até que os automóveis possam ser transportados, pois ambos estavam desmontados. Ao todo, a PCDF apreendeu 21 veículos, avaliados em cerca de R$ 8,4 milhões.

Veja fotos dos últimos quatro carros apreendidos:

0

A operação

As apurações da Operação Huracán apontaram que o influenciador digital utilizava seus perfis nas redes sociais para promover e realizar sorteios de veículos de luxo, com sofisticados sistemas de som e customização. Klebim e outros três alvos foram presos temporariamente pelos crimes de lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar.

 

Veja quem é o influencer Klebim Moraes:

0

Lavagem de dinheiro

De acordo com as investigações, os sorteios não são autorizados pelos órgãos competentes, e o youtuber não recolhia impostos. Klebim, segundo a polícia, lavava o dinheiro dos sorteios com a aquisição de veículos superesportivos, que são registrados em nome de laranjas – incluindo a mãe do influenciador – e empresas de fachada.

Além de Klebim, foram presos, acusados de integrar o esquema criminoso, Pedro Henrique Barroso Neiva, Vinícius Couto Farago e Alex Bruno da Silva Vale. Todos teriam ajudado a movimentar as rifas clandestinas e auxiliado na entrega dos veículos, por isso recebiam comissões em dinheiro pagas pelo influenciador digital.

A DRF identificou que o esquema era altamente lucrativo e apurou que os criminosos movimentaram R$ 20 milhões em apenas dois anos. Para se ter ideia do poder de compra de Klebim, a polícia apreendeu uma Lamborghini Huracán e uma Ferrari 458 Spider. Os superesportivos são avaliados em R$ 3 milhões cada.

Veja carrões do youtuber:

0

 

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

 

 

Mais lidas
Últimas notícias