Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Vídeo: paquistanês leva tapa após atropelar e matar motociclista no DF

Segundo testemunhas, Gilvane Pereira, 52 anos, e Gustavo da Silva, 28, aguardavam o semáforo ficar verde quando foram atingidos

atualizado 05/08/2022 16:39

Imagem cedida ao Metrópoles

Um dos pedestres que testemunhou o acidente causado pelo empresário paquistanês Wasim Aftab Malik, 46 anos, na madrugada desta sexta-feira (5/8), em Ceilândia, agrediu o motorista embriagado com um tapa no rosto. Gilvane Cassemiro Pereira, 52, morreu na hora e Gustavo da Silva Santiago, 28, ficou ferido. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), confirmou que o condutor estava bêbado. E, no interior do veículo, foram encontradas garrafas de bebida alcoólica vazias.

Veja o momento em que o motorista leva um tapa no rosto:

 

Segundo testemunhas, as vítimas estariam esperando o semáforo do cruzamento da Fundação Bradesco, entre a Avenida Hélio Prates e a QNN 27, em Ceilândia, ficar verde quando foram atingidas. Uma das câmeras de segurança do comércio local flagrou o momento que um dos motociclistas foi arrastado pelo impacto.

O condutor foi abordado por diversas pessoas logo após a colisão. Pelas imagens, é possível ver Wasim com sinais de embriaguez e sem reação após o acidente. Uma das testemunhas diz que ele tirou a vida de uma pessoa, enquanto outra o xinga de “desgraçado” e com outros palavrões. Ele não responde e olha, desnorteado, para a multidão ao lado do carro. Em uma das gravações, ele chega a pedir desculpas depois de perguntar se as pessoas ao redor seriam brasileiras. Veja:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

De acordo com a 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia centro), responsável pela investigação, o empresário acabou preso e foi transferido nesta manhã para a carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Ele deve passar por audiência de custódia entre esta sexta e este sábado (6/8).

Saiba quem é a vítima:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Ainda segundo relatos, as duas motocicletas foram arrastadas pelo veículo de Wasim por alguns metros na via. Com o impacto da batida, uma das motocicletas ficou partida ao meio.

Naturalização

O empresário está em processo de naturalização brasileira. Segundo a empresa que cuida da regularização do estrangeiro, Thagori Group, Wasim tem união estável com uma brasileira e é pai de dois filhos.

Empresário bêbado atropela dois motociclistas em Ceilândia e um morre

O Departamento de Trânsito (Detran-DF) realizou o exame de bafômetro e constatou a embriaguez ao volante. Malik dirigia em alta velocidade quando bateu e arrastou os motociclistas, de 28 e 52 anos. O mais velho morreu no local, o outro precisou ser transportado para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC).

Mais lidas
Últimas notícias