Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

PCDF prende quadrilha especializada em roubo e furto de veículos

Por meio da Operação Linha de Frente, os policiais pretendem elucidar outros crimes cometidos pelos investigados

atualizado 07/12/2021 9:21

PCDFPCDF/Divulgação

Na manhã desta terça-feira (7/12), policiais civis do Distrito Federal deflagraram a Operação Linha de Frente para desarticular uma quadrilha de roubo e furto de veículos. São cumpridos 10 mandados de prisão preventiva expedidos pelas Varas Criminais do Recanto das Emas e Gama.

As investigações são conduzidas pela Divisão de Roubos e Furtos de Veículos da Coordenação de Repressão dos Crimes Patrimoniais (Corpatri).

A  ação é um desdobramento da Operação Marco Zero, que ocorreu em 12 de agosto, quando foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva contra a organização criminosa, sediada no Recanto da Emas. O grupo está envolvido em pelo menos 16 ocorrências no DF.

Segundo a Polícia Civil, a quadrilha exercia as atividades ilícitas por meio de núcleos de atuação. Havia um de liderança, composto por membros cuja função era planejar e organizar as empreitadas criminosas, escolhendo as vítimas, os participantes do crime, e decidindo a destinação dos objetos subtraídos.

Havia também o núcleo dos executores, com a missão de efetivamente praticar os roubos. O terceiro era formado por adulteradores de sinais identificadores de veículos, responsável por viabilizar a circulação e comercialização dos carros roubados.

A nova etapa da operação vai ajudar elucidar alguns delitos praticados pela organização criminosa desarticulada na Operação Marco Zero em agosto, entre eles o roubo a um restaurante, o furto de um veículo no Recanto das Emas e o roubo a um estúdio de tatuagem no Gama.

Confira imagens do roubo no Recanto das Emas:

Linha de Frente

A ação recebe o nome de Linha de Frente em referência à função dos elementos presos dentro do grupo criminoso que integravam o núcleo de execução.

Os criminosos vão responder por organização criminosa, roubo e furto de veículos, podendo pegar penas que superam os 15 anos de reclusão.

Mais lidas
Últimas notícias