Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

PCDF prende padeiro que pagou R$ 10 por sexo com garoto de 11 anos

A criança levou o dinheiro para a escola e comentou com os professores que ganhou de forma "muito suada"

atualizado 19/05/2022 13:53

Divulgação

Policiais da 19ª Delegacia de Polícia (P Norte, Ceilândia), cumpriram, na manhã desta quinta-feira (19/5), um mandado de prisão preventiva contra um padeiro, de 56 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável. A vítima é um garoto de 11 anos, e o crime ocorreu na última terça-feira (17), no Sol Nascente.

Segundo a apuração, a criança teria ido entregar um eletrodoméstico a pedido do pai e, no trajeto, foi abordada pelo estuprador. O criminoso ofereceu R$ 10 para a criança praticar sexo oral.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

O ato ocorreu dentro de uma casa do Sol Nascente. O crime foi descoberto porque a criança levou o dinheiro para a escola e comentou com os professores que ganhou de forma “muito suada”.

Após ser acionado o Conselho Tutelar, a criança foi levada para a 19ª DP. O estuprador confessou o crime. Se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias