Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Mulher trans foi assassinada após ser estrangulada com a própria roupa

Algumas peças foram encontradas enroladas no pescoço da vítima. O autor do crime teria levado o carro dela, um Honda HR-V

atualizado 23/06/2022 22:30

PCDF/Divulgação

Investigadores da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) apuram o caso da morte de uma mulher transexual como latrocínio. Identificada como “Lu”, a vítima teve o corpo localizado na Rua 49 da Vila Nova, em São Sebastião, na noite de quarta-feira (22/6). A porta da casa estava destrancada e a polícia a encontrou amarrada em cima da cama.

A coluna apurou que a vítima estava de bruços na cama, com as mãos amarradas. Ela teria morrido estrangulada com as próprias roupas. Algumas peças foram localizadas enroladas em volta do seu pescoço. O autor do crime ainda teria levado o carro dela, um Honda HR-V.

Além da porta ter sido encontrada aberta, não havia sinais de luta dentro do imóvel. O celular de Lu foi encontrado por um catador de material recicláveis. O aparelho foi levado pelo homem até a delegacia após atender a ligações de amigas da vítima que estavam preocupadas.

 

Mais lidas
Últimas notícias