Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Bombeiro militar do DF é preso em flagrante por agredir companheira

A filha da vítima também registrou ocorrência contra abusos sofridos desde de que tinha apenas 11 anos

atualizado 31/03/2022 11:47

Divulgação

Um major reformado do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi preso em flagrante, nessa quarta-feira (30/3), pelos crimes de violência doméstica e injúria praticados contra sua companheira. A ação foi conduzida pela 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires).

O autor tem 72 anos e é casado com a vítima, uma mulher de 36, há cerca de 15 anos. A discussão começou no momento em que a companheira perguntou ao marido onde ele ia. O militar passou a insultar e agredir fisicamente , causando ferimentos nos braços da vítima.

Ao perceberem a briga do casal, os vizinhos acionaram a 38ª DP. Os agentes de plantão foram até o local e prenderam o agressor.

Prisão
O militar foi autuado em flagrante por lesão corporal e injúria, em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher. Somadas, as penas superam os três anos de prisão. O major foi colocado em liberdade após pagar fiança de R$ 1,2 mil.

A vítima, entretanto, requereu medidas protetivas contra o autor, as quais serão apreciadas pelo Poder Judiciário.

A mulher já havia registrado ocorrência contra marido em 15 de março deste ano pelos crimes de injúria, ameaça e violência psicológica.

De acordo com a polícia, o autor é investigado por injúria, ameaça e importunação sexual praticados contra a filha da vítima, uma jovem de 19 anos, a qual registrou ocorrência contra ele. Os fatos teriam se iniciado quando ela tinha apenas 11 anos.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias