Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Aeronave apreendida em operação contra corrupção será usada pela PCDF

A coluna apurou que avião tem relação com investigação contra a corrupção envolvendo a Valec Engenharia, em Goiás

atualizado 12/05/2022 12:39

PCDF/Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio de parceria firmada e colaboração do Ministério Público Federal (MPF) e da Justiça Federal, recebeu, nesta quinta-feira (12/5), a custódia de uma aeronave turboélice, da marca Beechcraft King Air, modelo C-90. A coluna apurou que avião tem relação com investigação contra a corrupção envolvendo a Valec Engenharia, empresa investigada em um desdobramento da Operação Lava Jato.

Uma tripulação da PCDF, acompanhada do delegado-geral Robson Cândido, embarcou nas primeiras horas da manhã para buscar o jatinho no Aeródromo Nacional de Aviação, em Goiânia.

Tripulação DOA, delegado-geral da PCDF, Robson Cândido e representante do MPF

A aeronave será utilizada pela tripulação da Divisão de Operações Aéreas (DOA), para a realização de operações da instituição. É considerada uma aeronave de alta performance, com capacidade para seis passageiros e dois pilotos.

Ficha técnica
O Beechcraft King Air é uma família de bimotores de pequeno porte e alta performance para uso executivo, com motorização turboélice e cabine pressurizada, com capacidade para transportar confortavelmente quatro ou cinco passageiros em viagens interestaduais (rotas domésticas).

Foi fabricada nos Estados Unidos, a partir da década de 1970, pela então Beech Aircraft (atualmente Beechcraft Corporation). Toda a linha King Air de aeronaves turboélice acumula mais de 7 mil aeronaves produzidas, incluindo os modelos C-90, F-90, B-200 e 350.

Mais lidas
Últimas notícias