Mulher finge ligar para amiga e denuncia marido a PM: “Quer me matar”

Na ligação, a vítima afirmou que o marido chegou embriagado em casa e, ao fingir conversar com uma amiga, pediu socorro à PMDF

atualizado 21/10/2021 12:09

istock

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prestou socorro a uma mulher após ela ligar para a corporação e denunciar que o marido havia ameaçado matá-la. Para disfarçar a ligação, a vítima disse que estava conversando com uma amiga ao telefone e pediu ajuda.

Durante a chamada, a vítima fez o relato para o policial. “Meu marido está querendo me matar. Quero pegar as minhas coisas e ele não quer deixar”, diz ela.

O militar, então, pede para a mulher falar com ele como se não fosse com a polícia.

Segundo informações da PMDF, a ocorrência foi registrada na QNO, no Setor O, em Ceilândia, nessa quarta-feira (20/10). A mulher informou que o marido chegou bêbado em casa e estava agressivo.

Ouça o aúdio:

Ao chegar no endereço, a equipe policial encontrou a solicitante chorando e bastante nervosa. Ela recusou ser levada para a delegacia e disse que não registraria a ocorrência já que não havia sido agredida.

Segundo os militares, ela não tinha lesões aparentes no corpo.

Na segunda-feira (18/10), um homem de 32 anos foi preso em flagrante após uma mulher ligar para a PMDF e denunciar que estava sendo mantida em cárcere privado e estuprada desde sábado (16). Para disfarçar, a suposta vítima de 19 anos fingiu que pedia um hambúrguer e solicitou urgência na entrega.

Mais lidas
Últimas notícias