Mulher envia áudio para a mãe chorando e desaparece no DF

Jéssica Serafim Figueredo, 27 anos, saiu de casa no último sábado (28/12/2019) dizendo que iria "resolver a vida" e não deu mais notícias

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 30/12/2019 20:59

Em um áudio chorando, Jéssica Serafim Figueredo, 27 anos, comunicou à mãe que iria “resolver a vida” e desapareceu. Desde a noite de sábado (28/12/2019), familiares perderam o contato com a jovem, que saiu de casa, no Paranoá, apenas com a roupa do corpo. Aos cuidados de uma amiga, Jéssica deixou o casal de filhos, uma menina de 3 meses e um menino de 8 anos.

Segundo o padrasto, Carlos Antônio da Silva, 51 anos, a enteada estava enfrentando problemas pessoais e contando com a ajuda de conhecidos para ajudar no sustento da casa. “Ela estava desempregada, em processo de separação e com duas crianças para cuidar. A bebê tem intolerância e precisa tomar um leite especial que custa caro e o governo não fornece. O pessoal da igreja estava ajudando, mas tem sido difícil para ela”, conta.

Apesar de não ter histórico de depressão e não tomar remédios controlados, a família acredita que Jéssica esteja enfrentando uma depressão pós-parto. Esta seria a primeira vez que a jovem tomou uma atitude como essa. “Estamos muito preocupados e pedimos a colaboração de todos para que possamos tê-la aqui de volta”, pede o padrasto.

O desaparecimento foi registrado na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), que investiga o caso. A família ainda não tem notícias sobre possíveis locais por onde Jéssica tenha passado ou se foi vista entrando em algum veículo.

Divulgação

Jéssica saiu com um vestido branco, sandálias e cabelo preso. Atualmente, ela estava com o cabelo tingido de ruivo. Caso alguém tenha informações sobre ela, pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo 197 ou ligar para a mãe, Vania Serafim, no número (61) 9-9501-2437.

Últimas notícias