Motorista bêbado mata dois garis que voltavam do trabalho na BR-020

O condutor foi preso e encaminhado à 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). A tragédia ocorreu no sentido Planaltina

atualizado 06/08/2020 11:24

John Goneli/Noticias em Sobradinho II

Dois garis que voltavam do trabalho morreram, na noite dessa quarta-feira (5/7), após serem atropelados por um motorista com sinais de embriaguez no Km 10 da BR-020, sentido Sobradinho/Planaltina. O motorista, que estava em um Ford Ka, foi preso.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas não resistiram aos ferimentos e morreram no local. O Metrópoles apurou que elas trabalhavam para a empresa Valor Ambiental.

Os ciclistas estavam com o uniforme do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e trafegavam pela rodovia, quando foram atropeladas por volta da meia-noite. O SLU informou que as vítimas são: Ilda Barbosa de Sousa, 52 anos, e Anísio de Souza Lopes, 48.

O motorista, Josué Alexandro Reis, 40, permaneceu na rodovia após o atropelamento. Segundo um agente da Polícia Civil do DF (PCDF) que compareceu ao local, duas testemunhas foram identificadas e o reconheceram como autor do crime.

Uma delas afirmou que tirou o condutor do banco do motorista e notou os sinais de embriaguez. Os bombeiros também acrescentaram que o homem recusou atendimento por parte da equipe médica, apesar de estar com diversos ferimentos, inclusive no rosto.

Diante das informações colhidas no local da tragédia, Josué Reis foi preso e encaminhado à 13ª Delegacia de Polícia Civil (Sobradinho). O caso é investigado como homicídio culposo (sem intenção de matar) na direção de veículo automotor.

Uma equipe PRF atuou na preservação do local do acidente para realização da perícia. A prisão do autor foi comunicada à sua esposa e seus objetos pessoais foram entregues a ela.​​

0

O SLU divulgou nota lamentando o falecimento de Ilda e Anísio e informando como o caso está sendo tratado. De acordo com o serviço, o acidente aconteceu quando os trabalhadores voltavam para casa, após os serviços noturnos de varrição em Sobradinho.

“O SLU manifesta solidariedade aos familiares das vítimas nesse momento tão trágico e informa que a Valor Ambiental já encaminhou os procedimentos necessários e acionou a seguradora em relação ao auxílio funeral e seguro de vida. A empresa também se coloca à disposição para apoiar as famílias”, diz o comunicado.

Presidente do SindLurb lamenta mortes:

Memória

Na segunda-feira (3/7), outro caso envolvendo um motorista embriagado. Felipe Alves da Silva, 24 anos, morreu atropelado enquanto trocava o pneu do carro, na DF-230, próximo ao Morro da Capelinha, em Planaltina.

O teste do bafômetro constatou que o condutor do veículo que atingiu a vítima estava embriagado. A Polícia Militar do Distrito Federal submeteu o motorista ao exame, que teve resultado de 0,66 mlg/L. Antonísio Araújo da Silva, 43, foi autuado em flagrante.

Após passar por audiência de custódia nessa quarta-feira (5/8), a Justiça concedeu liberdade provisória ao atropelador.

Confira o desespero e a revolta de pessoas que estavam próximas ao local:

 

Últimas notícias