Motorista ameaça ciclistas e causa acidente com moto no Lago Sul

Caso ocorreu na manhã desta quarta-feira (7/4). Dono do carro foi indiciado por lesão corporal

atualizado 07/04/2021 17:14

Reprodução

O treinamento de um grupo de ciclistas do Lago Sul terminou na delegacia durante a manhã desta quarta-feira (7/4). Segundo o boletim de ocorrência registrado na 1ª Delegacia de Polícia, um motorista teria jogado o carro para cima do pelotão por mais de uma vez, o que acabou causando um acidente com a moto que escoltava a equipe.

O caso ocorreu na altura da QI 15. Conforme contam integrantes do grupo, havia entre 40 e 50 pessoas pedalando na faixa à direita, reservada aos ciclistas, quando apareceu um carro que deu uma fechada nos que estavam à frente do pelotão. A ação foi interpretada como proposital, pois, segundo um dos envolvidos, “não havia nenhum outro carro na pista”.

Após a reação do grupo, o motorista teria parado, engatado marcha à ré, e esperado. Os ciclistas passaram pelo carro reclamando, quando o veículo passou a acelerar. Um dos envolvidos afirma que desceu da bicicleta e foi andando para próximo do carro.

“Nesse momento, o motorista do carro fez manobra de modo a posicionar o automóvel de frente para o declarante e permaneceu acionando o pedal acelerador do carro”, diz a ocorrência. Quando o restante da turma de ciclistas se aproximou, o motorista fugiu.

Pouco tempo depois, no entanto, o veículo voltou a aparecer. Desta vez, o amigo dos ciclistas que fazia acompanhamento de moto foi chamado para que tirasse uma foto da placa. Quando ele chegou perto, o carro freou bruscamente, causando uma batida.

Veja fotos:

0

“A vítima informou que, quando ele caiu no chão, o condutor do veículo desceu, tomou seu celular e começou a esbravejar, perguntando quem teria autorizado ele a tirar foto do carro”, diz trecho do depoimento do motociclista à polícia.

“Nesse momento, populares que estava passando pelo local pararam para ajudar. Relatou que o autor tentou se evadir, levando o celular, e que, com ajuda dos populares, conseguiram conter o motorista, pegaram a chaves do veículo e acionaram a PMDF, que compareceu no local e encaminhou todos os envolvidos para essa delegacia”, completa a ocorrência.

Motorista dá versão diferente

Já o acusado disse que passou próximo dos ciclistas, mas nega ter jogado o veículo para cima deles. Sobre o acidente, o homem afirma que se assustou com um veículo que estava no sentido contrário e freou bruscamente, momento da colisão.

Segundo o motorista, o motociclista se aproximou do veículo de forma agressiva e retirou a chave da ignição. Ele ainda teria escutado que “se não fosse resolvido na polícia, seria resolvido na bala.”

Apesar das alegações, o delegado de plantão indiciou o motorista por lesão corporal. O homem assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

Últimas notícias