Morre idosa atropelada na faixa de pedestres por adolescente no DF

Menor de idade conduzia o veículo que atingiu Ivonete Marcelina, 69, na QNM 3/5, em Ceilândia. Acidente aconteceu na segunda-feira (26/10)

atualizado 31/10/2021 15:01

Ivonete Marcelina, 69 anos,Arquivo Pessoal

A idosa atropelada atropelada enquanto atravessava a rua em uma faixa de pedestres, na última segunda-feira (25/10), na QNM 3/5, em Ceilândia, morreu no fim da tarde desse sábado (30/10).

Ivonete Marcelina, 69 anos, estava internada no Hospital de Base do Distrito Federal com traumatismo craniano e escoriações pelo corpo. Ela precisou ser intubada e não resistiu. Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento da mulher, que morava em Ceilândia.

Vídeo obtido pelo Metrópoles mostra o momento em que a idosa é atingida pelo veículo. Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), um adolescente de 16 anos dirigia o carro, um Fiat Vivace.

0

Pelas imagens, é possível ver que um veículo, à direita, para diante da faixa de pedestres e a idosa começa a travessia. O Vivace conduzido pelo jovem, no entanto, a atinge no espaço à esquerda.

Em seguida, o adolescente desce do carro e corre em direção à vítima. Mais algumas pessoas também se aproximam para socorrer Ivonete. Logo depois, o garoto tira o veículo do ponto do acidente.

Veja:

A vítima foi atendida, imobilizada, intubada e medicada no local por equipes do Resgate Aéreo do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu,).

Em seguida, foi transportada pela aeronave ao hospital. De acordo com os socorristas, ela estava inconsciente e instável.

O menor foi apreendido no local do acidente e levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente II (DCA II). Ele responderá por ato infracional análogo ao crime de lesão corporal culposa na condução de veículo automotor.

Amigos e familiares de Ivonete acreditam que a morte não se trata de um acidente e consideram a ocorrência como crime.

Confira a imagem que circula nas redes:

Mais lidas
Últimas notícias