*
 

A morte de um cãozinho que morava no 28º Batalhão da Polícia Militar, no Riacho Fundo, causou grande comoção entre os militares. Chamado de QN1, em referência à localização do posto policial, o cachorrinho não resistiu à doença do carrapato e faleceu nessa sexta-feira (9/2).

O animalzinho, lembrado como parceiro da PM e da comunidade, chegou ao batalhão com apenas 3 meses de vida. Ele viveu entre os policiais por 10 anos. Os militares chegaram a fazer uma vaquinha para custear as despesas veterinárias e a transfusão de sangue.

“Realmente vai fazer falta! Amigo, companheiro de todas as horas, um bichinho que nos ensinou a amar e nunca pediu nada em troca. Ele gostava muito da nossa carreira. Era nosso cão policial “, disse a soldado Ariadne Barbosa.

PMDF/Divulgação

O cãozinho morou no batalhão por 10 anos

Em um momento de lazer, um policial chegou a gravar um vídeo do companheiro. Veja:

 

 

COMENTE

PMDFriacho fundopolicialcãoqn1
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito