Mãe de servidor desaparecido aposta em imagens das câmeras de segurança

Após ser orientada por amiga a procurar nos dispositivos de comércios e residências, Cynthia pede mobilização pelas buscas

Lázaro Rosa FrancoArquivo pessoal

atualizado 03/07/2020 17:09

Lázaro Rosa Franco, 29 anos, servidor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), continua desaparecido. Ele foi visto pela última vez na manhã de terça-feira (30/6), no bairro Cidade Jardins, em Valparaíso de Goiás.

Novas buscas foram feitas nesta sexta-feira (3/7) por uma região de mata, perto de Valparaíso, e perto da igreja da cidade, mas sem sucesso.

Mesmo com todo o drama que envolve o caso, a família segue esperançosa. Parentes e amigos acreditam que por meio de buscas pelas câmeras de segurança de casas e comércios da região possa ser possível saber o paradeiro de Lázaro.

“Uma amiga de escola encontrou o pai dessa forma [vendo vídeos das câmeras de segurança] e nos orientou a fazer o mesmo. Acreditamos que podemos encontrá-lo assim”, contou Cynthia Rosa, mãe de Lázaro, ao Metrópoles.

A mãe pede para que chequem as filmagens e comuniquem sobre alguma notícia. Eles também colocaram cartazes pela região a fim de chamar a atenção.

Ainda segundo a mãe, Lázaro é uma pessoa tranquila e respeitada no trabalho, mas sofre de ansiedade e depressão. Ela acredita que o motivo do desaparecimento seja um possível retorno da doença, que estava controlada.

Um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento foi aberto na 2ª Delegacia Distrital de Valparaíso de Goiás. Até o momento, sem nenhuma informação.

Caso alguém tenha qualquer informação deve entrar em contato por meio dos telefones (61) 3627-9406 / 99219-6669 ou 99178-3416

Últimas notícias