*
 

Quatro homens, sendo dois armados, assaltaram a loja da operadora TIM, por volta das 14h30 desta sexta-feira (12/1), no shopping Conjunto Nacional. Na ação, os bandidos tentaram render dois funcionários, que reagiram e entraram em luta corporal com os criminosos.

Uma confusão tomou conta dos corredores do complexo de compras, com muita correria e gritaria. Apesar do susto, segundo a polícia, ninguém ficou ferido durante o roubo.

A Polícia Militar informou que, depois do assalto, os bandidos fugiram assustados e deixaram a mochila com nove celulares para trás. Segundo a corporação, os suspeitos seriam adolescentes, que chegaram a apontar armas para os vigilantes do shopping.

Policiais do 3ª Batalhão da PM montaram um cerco ao redor da área central de Brasília para tentar capturar os menores.

PMDF/Divulgação

Mochila com celulares roubados foi abandonada dentro do shopping

 

Não é a primeira vez que lojas instaladas no centro comercial são alvo da ação de bandidos. Em junho do ano passado, uma revendedora da TIM – ainda não há informações se é a mesma — foi assaltada. Três homens armados e encapuzados entraram no estabelecimento e renderam dois funcionários que estavam no local.

Os ladrões encheram três mochilas com aparelhos celulares e tablets. O prejuízo ultrapassou R$ 150 mil. Toda a ação deve ter durado menos de cinco minutos.

Em agosto de 2016, funcionários de uma ótica e joalheria foram surpreendidos, logo depois que o estabelecimento foi aberto por três homens, um deles armado.

Um dos criminosos estava vestido com roupas parecidas com uniforme militar da Marinha e outro estaria armado. Após o roubo, eles saíram correndo do shopping com cerca de R$ 40 mil em produtos como relógios e cordões de ouro.