*
 

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) denunciou Vitor Marçal Duarte, 22 anos, por tentativa de homicídio duplamente qualificada pelo atropelamento de sua mãe, Renata Marçal Pereira, 41, e do amigo Marcelo Pinheiro Costa. O crime aconteceu em 13 de novembro, no Riacho Fundo I.

O réu dirigia alcoolizado e, após uma discussão, atropelou de forma intencional as vítimas. De acordo com a denúncia, após uma discussão com a mãe e os tios, Vitor pegou a chave do veículo e passou a conduzir em alta velocidade tentando atingir as pessoas que estavam na rua. Depois, subiu o meio-fio e atropelou o amigo Marcelo.

O acusado continuou dirigindo em alta velocidade, quando Renata, sua mãe, posicionou-se na frente do veículo suplicando para que ele parasse. Porém, segundo o entendimento do Ministério Público, Vitor atropelou a mulher com a intenção de matar. O rapaz acabou preso e Renata foi levada ao Hospital de Base do DF (HBDF).

Ainda na avaliação dos promotores, o crime foi cometido por motivo fútil e resultou em perigo comum, pois pessoas que não estavam envolvidas na discussão poderiam ter sido atingidas. O réu foi denunciado também pelo crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, porque dirigia sob influência de álcool. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva.

 

 

COMENTE

JustiçadenúnciaMPatropelamentoriacho fundomãefilho Vitor
comunicar erro à redação

Leia mais: Justiça