Jovem tenta dar golpe em PRF para recuperar carro e vai preso no DF

O acusado falsificou o QR Code de licenciamento digital. Esta é a segunda prisão por falsidade ideológica na semana

atualizado 07/01/2022 16:59

algemas em cima de capô de carro com logo da PRFDivulgação/PRF

Um jovem de 19 anos acabou preso, nesta sexta-feira (7/1), após tentar enganar agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele apresentou um QR Code falsificado para recuperar o carro apreendido pela corporação.

Por volta das 9h, o jovem foi ao pátio da PRF, em Santa Maria, com o QR Code impresso, que deveria corresponder ao licenciamento digital exercício 2022, o e-CRLV. Com o código, seria possível retirar o carro.

0

Ao fazer a consulta, o sistema da PRF não reconheceu o QR Code do documento apresentado, enquanto os demais bancos de dados informavam que o licenciamento do Gol era de 2019.

Questionado sobre o QR Code, o jovem informou que conseguiu o documento depois de contratar alguém no Facebook. Ele pagou R$ 150 para que o documento fosse regularizado no Departamento de Trânsito (Detran-DF).

Com a confirmação da falsidade do documento, a equipe da PRF encaminhou o acusado para a 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria).

Outra pessoa foi presa por falsidade ideológica na última terça-feira (4/1), na BR-070, em Ceilândia. O detido também informou que contratou o serviço de um despachante, mas acabou preso e levado à 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia).

Mais lidas
Últimas notícias