Irregular: prédio que desabou no DF não tinha Habite-se e alvará

Estrutura ruiu parcialmente nesta quinta-feira e deixou mais de 50 moradores desabrigados

atualizado 06/01/2022 19:03

Prédio desaba em TaguatingaReprodução/CBMDF

O prédio que desabou nesta quinta-feira (6/1) em Taguatinga Sul não tinha alvará de construção ou carta de Habite-se, portanto, é irregular. A informação foi confirmada ao Metrópoles pelo Governo do Distrito Federal.

Ainda segundo o GDF, a obra não foi autorizada pela Central de Aprovação de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e sequer houve solicitação de licenciamento para o projeto.

Veja como era e como ficou o prédio que desabou parcialmente no DF

“Morreu a esperança da gente”, afirma moradora de prédio que desabou

Já a Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) informou que o único registro encontrado de ações fiscais no local trata-se de uma notificação por descarte irregular de resíduos.

Rachaduras

A Defesa Civil, responsável pela prevenção de desastres no DF, informou que após acionada na manhã desta quinta constatou rachaduras e deformação de pilares na edificação que veio a desabar. Durante a tarde, o órgão, em conjunto com o CBMDF, diminuiu o peso do prédio, esvaziando caixas d’água, o que aliviou o peso em 15 toneladas.

No entanto, segundo a Defesa Civil, esta é uma medida paliativa e a pasta vai continuar monitorando o local. Os prédios vizinhos também foram esvaziados.A subsecretaria vai aguardar a acomodação da estrutura por 72 horas e, após esse prazo, solicitar o escoramento da estrutura remanescente.

Veja o prédio antes de desabar:

0

Veja o prédio após o desabamento:

0
Desabamento

Cerca de 50 moradores foram retirados às pressas do prédio usado para moradia e comércio pouco antes da estrutura desabar. A evacuação foi feita pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), que foi chamado pelos próprios residentes.

O pedido de socorro foi motivado pelo aumento nas rachaduras do prédio. Durante a evacuação, os inquilinos conseguiram retirar apenas bens menores dos apartamentos.

Após a evacuação, na manhã desta quinta-feira, os pilares do pilotis do edifício vieram abaixo “em bloco”. Segundo o CBMDF, três dos cinco pavimentos se mantêm íntegros, mas a situação “é crítica” e “pode acontecer qualquer outro desabamento nos próximos minutos ou horas”. Não há confirmação de vítimas.

Veja o momento em que o prédio desaba:

Mais lidas
Últimas notícias