Internação de pacientes com Covid-19 até 24 anos subiu 3.600% no DF

Por outro lado, a quantidade de internações de idosos com 80 anos ou mais caiu 9,1%

atualizado 12/04/2021 15:30

Prefeitura do Rio vai criar mais leitos de UTI no hospital Ronaldo GazollaFoto: Buda Mendes/Getty Images

Entre janeiro e março, o número de internações de pessoas com Covid-19 até 24 anos subiu 3.600%. Por outro lado, a quantidade de internações idosos com 80 anos ou mais caiu 9,1%. Os dados foram apresentados em coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti na tarde desta segunda-feira (12/4).

De acordo com o chefe da Casa Civil do GDF, Gustavo Rocha, o público-alvo das vacinas contra o novo coronavírus não tem ficado atento para os prazos da segunda dose. Embora o GDF tenha usado 97% dos imunizantes já recebido para a 1ª dose, somente 4,34% das pessoas foram aos postos de saúde tomar a segunda dose.

“A imunização só se completa com o ciclo das duas doses”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil.

Profissionais de saúde

Com a chegada de 67,9 mil novas doses de vacina contra a Covid-19 no Distrito Federal, mais trabalhadores de diferentes áreas poderão realizar o agendamento. Profissionais de saúde de consultórios, clínicas, laboratórios, farmácias, funerárias e do Instituto Médico Legal (IML) entrarão na fila para receber a primeira dose (D1) do imunizante.

Secretaria de Saúde retomou a vacinação do público de 66 anos ou mais e de 4,5 mil profissionais de saúde, além de disponibilizar 2.237 doses para membros das forças de segurança pública.

O agendamento estará disponível no site vacina.saude.df.gov.br. Já o fluxo de imunização nos postos obedecerá à divisão estabelecida anteriormente. Profissionais da segurança pública serão vacinados nas UBS da Região de Saúde Centro-Sul a partir desta segunda, de acordo com listas previamente confeccionadas, mas sem agendamento.

Últimas notícias